Trastejando

Tudo o que eu quero é um acorde perfeito maior.

Review: Yamaha CPX500 II

Escrito por em 21/10/2013

Review: Yamaha CPX500 II

Aqui eu começo a narrar a minha saga em busca de um novo violão de cordas de aço. Não tá entendendo o por quê? Veja aqui. Eu achei que ia ficar simplesmente bem só com minhas guitarras por algum tempo. Mas meu sossego não durou nem uma semana. Bateu saudade, arrependimento e aqueles sentimentos de dor de cotovelo de quando a gente termina com uma namorada. E bateu forte a necessidade (que eu já...

Leia Mais

Violão Roundback: Applause AE28 – “Ameixa”

Escrito por em 28/08/2013

Violão Roundback: Applause AE28 – “Ameixa”

Opa. E aí? Long time no see! Pois é, eu tenho trabalhado demais, sábados, domingos e feriados… Quando não to na firma de engenharia lá no Rio, eu to em casa consertando computador ou traduzindo documentos dos meu frilas. Ou então to tocando — já rolou uma quinta extra no Bay Market, já rolaram uns testes animadores numa pizzaria bem bacana ali da Lapa… E se nada disso tá...

Leia Mais

Ícone: Gibson SG

Escrito por em 17/07/2013

Ícone: Gibson SG

Meu sogro, um entusiasta de música como eu e que morava fora, voltou ao Brasil trazendo uma máquina de rock — a Gibson SG. Foi a primeira vez que eu vi e toquei numa guitarra desse quilate. Já comentei que minha referência musical de berço é MPB: cresci ouvindo Chico Buarque e Osvaldo Montenegro, pra nomear uns bois. Mas é engraçado que, contrariando uma dessas referências, um blues me cai...

Leia Mais

Violão Clássico: Yamaha CG-130A – “Jack”

Escrito por em 18/05/2013

Violão Clássico: Yamaha CG-130A – “Jack”

Semana passada foi dia das mães.  Dia de reunir a família. Aí esse ano mamãe pediu para irmos à casa nova do meu irmão. Logo ali, na tal de “zona oeste”. Pertinho, é só pegar a Avenida Brasil e ir até o fim do universo… digo, até o fim da pista seletiva… Nesses dias, eu ainda mantenho a tradição e carrego um violão pra me fazer companhia. Talvez por nostalgia, quebrei um...

Leia Mais

Ícone: Gibson ES-335

Escrito por em 08/05/2013

Ícone: Gibson ES-335

Sinto falta do tempo em que a TV estimulava minha imaginação. Eu lembro dos seriados da Sessão Aventura e dos filmes que me fizeram sentir e pensar a vida. Morro de pena da geração atual: a TV hoje é só a realidade fútil dos personagens insossos de reality shows, uma ficção pobre de novela… ou uma comédia leve ou pesada mas raramente instigante. Até Hollywood tá nessa: efeitos especiais...

Leia Mais
%d blogueiros gostam disto: