Trastejando

Tudo o que eu quero é um acorde perfeito maior.

O Jogo dos porquês

Escrito por em 06/11/2014

Porque preciso me reconstruir. Porque ainda to em pedaços, e sei que alguns estão irremediavelmente perdidos. Porque sim, porque tinha que ser assim. Porque tem erros e acertos. Porque não sou o único. E porque tudo deve continuar, inclusive esse blog. Porque talvez alguém queira ler sobre mim. Porque eu preferi ficar em silêncio. Porque tudo é tão difícil que não cabem palavras. Porque sinto...

Leia Mais

Crônica: Meu amigo Pedro

Escrito por em 01/03/2014

Crônica: Meu amigo Pedro

“Pedro, onde cê vai eu também vou.” (Meu amigo Pedro — Raul Seixas)   Eu tenho a sorte de ter alguns bons amigos. Não são muitos. Nem tem que ser. BONS camaradas sempre valem mais do que “muitos”. Mas todos são gente que vale a pena ter do lado. E por mais distantes que estejam (ou que eu esteja), nunca deixam de estar próximos. Mesmo que a distância seja um oceano....

Leia Mais

Crônica: Milagre

Escrito por em 11/10/2013

Crônica: Milagre

(Publicado em 07 de agosto de 2005, no defunto pormimtantofaz.blogspot) Nunca tive boa memória, e naquela época eu era ainda muito novo. Mas bem depois, lá pelos quinze anos, enquanto eu remexia as fotos e anotações antigas de família, meus pais me contaram sobre como eu vim parar nesse mundo. Eu fui a quinta gestação da mamãe. Um feto parcialmente inesperado e totalmente desacreditado, após...

Leia Mais

Crônica: I’ll Follow the Sun

Escrito por em 30/09/2013

Crônica: I’ll Follow the Sun

(Este texto foi postado originalmente num antigo blog, chamado “pormimtantofaz”, que mantive com dois grandes amigos. O blog faleceu, e então essa e outras mini-crônicas ficaram lá abandonadas. Resolvi trazer as que não me envergonham pra cá. E aproveitei pra gravar um mini take dessa mini-música… Leia o texto pra entender por que eu coloquei ela aqui… Publicado em 07 de...

Leia Mais
%d blogueiros gostam disto: